Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CENÁCULO

Escrutinando Eça.

O CENÁCULO

Escrutinando Eça.


07.12.16

Sobre a falsa superioridade.

por Nes.

É engraçada a forma coloquial e certeira como as personagens de Eça falam, o que nos faz supor a sua capacidade genial de absorver tiques de linguagem, posturas em sociedade, contradições de carácter, entre outros. O estereótipo ainda hoje revela o português como uma pessoa saudosa, humilde, hospitaleira, trabalhadora, crente. Um portuguesito, com fraca autoestima e uma concepção péssima do país em que vive. "Este país é uma choldra!", "Isto é um país perdido!", são frases comuns na língua de muitas personagens.

 

Ainda assim, foi capaz de mostrar como existe um típico português chico-esperto capaz de se sentir moralmente superior, principalmente quando em confronto com quem, por imposição social ou por fraqueza anémica de carácter, tem uma postura menos assertiva ou viril. O pobre Artur d' "A Capital" é um íman destas criaturas - que põem e dispõem da sua vida, que lhe extorquem "jantares e tipóias", que o insultam tratando-o como um idiota. Recordam-se do Rabecaz?

 

"— Mas não é isso — disse Artur impaciente. Eu não vou para o deboche! E para estudar, para trabalhar.

Rabecaz cruzou formidavelmente os braços, berrou do alto da sua experiência:

— Trabalhar! Mas em que quer o senhor trabalhar? Nas redacções está tudo atulhado. A maior parte escreve de graça... Fazer vintém pela versalhada, isso até faz rir os mortos! E o amigo não sabe fazer mais nada. Eu conheço Lisboa, homem."

 

Um excelente amigo, certo? Desviando Artur dos seus sonhos - podem ser sonhos pouco acessíveis, mas não inteiramente irreais - e incentivando-o a viver no deboche, berrando do alto "da sua experiência" que Artur não sabe fazer mais nada a não ser versos, esquecendo-se que Artur tem outras valências ao trabalhar na botica.

daqui.

 

Outro amigo da mesma igualha, recomendado por Rabecaz, é Melchior, uma das piores influências que Artur podia ter. O próprio Artur reconhece os seus defeitos - "Mas este, o Melchior, pelintra, caloteiro, cobarde, debochado, imbecil, bêbedo? Pouh! Todos os defeitos de Melchior lhe apareciam agora, disformes, monstruosos. Envergonhou-se da sua amizade, como corara do seu amor!" Ainda assim, a solidão da cidade, o facto de ter aborrecido todos os outros conhecimentos que foi arranjando, a necessidade de um companheiro que o ajudasse na sua demanda literária, fizeram Artur suportar a companhia deste explorador. E que recebia Artur de volta desta amizade interesseira? Uma amante espanhola e algumas parcas apreciações dos seus versos.

 

daqui.

 

O bom velho Conde de Abranhos é também um destes tiranos, mas que para o Zagalinho, seu biógrafo e eterno engraxador, é um dos maiores portugueses de sempre. Aqui a aberração da personagem é o seu sentimento de superioridade face a todo o mundo, não obstante a sua atitude tão portuguesa como o caldo verde - vim de origens humildes e venci na vida, olhem para mim e venerem a minha ascensão social. Tudo me é devido por esse motivo, ainda que eu claramente não tenha habilitações, capacidade ou carácter - porque sou capaz de tudo, imbatível e melhor que toda a gente.

 

"Dois serviços que se completam e vivem um pelo outro – as Colónias e a Armada – constituem esse ministério, e, em ambos eles, Alípio Abranhos deixou os esplêndidos vestígios do seu génio administrativo. E notai que o Conde não era, como vulgarmente se diz, um homem do ofício. Até à idade de vinte e um anos – em que, nas. férias do ponto, fez uma visita à praia pitoresca de Buarcos – nunca tinha visto o mar. E esse formidável elemento, que cobre as quatro quintas partes do globo – mundo de trevas e de mistério, juncado de destroços, asfixiador, hostil ao homem – deu-lhe uma impressão que, segundo ele me disse, com aquele vigor pitoresco da sua frase, lhe fizera eriçar todos os cabelos do corpo."

 

 

 

publicado às 22:12

Mais sobre mim

imagem de perfil

Pesquisar

 

Arquivo

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.